Reunião na Fiesp discute as perspectivas econômicas do país nos próximos anos

Fonte: DOC Press - Assessoria de Imprensa
05/11/2018

A reunião plenária do Comitê da Cadeia Produtiva da Saúde e Biotecnologia da Fiesp – ComSaude teve, em 30 de outurbro, na sede da entidade, em São Paulo, a presença da economista-chefe do Banco Alfa, Tatiana Gil Gomes, e do secretário de assuntos internacionais do PSL, Filipe G. Martins. Os dois apresentaram perspectivas econômicas e políticas para os próximos anos de governo Bolsonaro. O diretor-executivo, Bruno Bezerra, e o presidente Sérgio Rocha, representaram a ABRAIDI no evento.

 

img-noticia

Tatiana Gil Gomes afirmou que o cenário econômico brasileiro, a partir do ano que vem, depende da governabilidade do novo presidente, mas também será impactado por decisões internacionais. A economista-chefe do Banco Alfa citou a independência do Banco Central e a governabilidade que se desenha para o PSL, que pode ser o maior partido na Câmara, como perspectivas citadas por Bolsonaro que podem contribuir para a confiança no novo governo. Segundo ela, a baixa no câmbio foi explicada por esse otimismo. O PIB também deve crescer 

Galeria de Fotos


Voltar
 
 
NEWSLETTER
 
NOTÍCIAS