Exigência de compliance em toda a cadeia da saúde é tema do programa Gente do MPD Que Fala

Exigência de compliance em toda a cadeia da saúde é tema do programa Gente do MPD Que Fala

Convidado da ABRAIDI, Giovani Saavedra, falou também sobre os impactos da judicialização da saúde no Brasil

A edição do dia 08 de agosto do programa “Gente do MPD Que Fala”, apresentado pelo jornalista Mauro Frysman com o apoio da ABRAIDI, contou com a participação do advogado e doutor em compliance, Giovani Saavedra. Também participaram o Promotor de Justiça e presidente do Instituto Não Aceito Corrupção, Roberto Livianu; a jornalista do Brazil Journal, Mariana Barbosa, e o sócio-diretor da Compliance Total, Wagner Giovanini.

O tema integridade na política e em outros setores da cadeia produtiva foi destaque. Recentemente, a ABRAIDI realizou uma reunião com a Agência Nacional de Saúde (ANS) e questionou o porquê a Agência não exige um programa de compliance de todos os agentes da cadeia da saúde. “Essa é uma medida necessária para que distribuidores e demais empresas sejam incentivados a agir da forma correta”, defendeu Saavedra.
Outro assunto em pauta foi o aumento da judicialização da saúde. De acordo com um estudo feito pelo INSPER, nos últimos 10 anos, houve um crescimento de
130% no número ações judiciais relativas à área.No Brasil, a gente tem a ilusão de que, se o juiz liberar o tratamento, o dinheiro para o medicamento vai ser retirado de uma ‘caixa mágica’. A judicialização da saúde é uma forma de incentivar condutas irregulares como, por exemplo, a máfia das próteses, e as pessoas têm dificuldade de entender essa relação”, alertou Giovani.

O programa completo pode ser assistido pelo link: https://www.youtube.com/watch?v=ZrAi5fVP3lI.

Fonte: Assessoria de Imprensa Doc Press

Voltar