Fórum Compliance Healthcare tem realização da ABRAIDI

Fonte: Doc Press Assessoria de Imprensa
12/04/2018

A Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde - ABRAIDI organizou, juntamente com a ABIIS, ABIMED e CBDL, o Fórum Compliance Healthcare. O evento, que debateu o fortalecimento do ambiente ético de negócios no Brasil, foi realizado no auditório da consultoria KPMG, em São Paulo.

Cinco painéis foram montados para discutir a maturidade do Compliance no Brasil, os desafios ainda enfrentados pelo setor de Dispositivos Médicos, a remuneração na cadeia da saúde e como a ética pode trazer soluções. O Fórum tratou de questões envolvendo os setores público e privado.

O presidente da ABRAIDI, Sérgio Rocha, fez a mediação do painel “Como a remuneração na cadeia de saúde pode interferir nas relações?” e inseriu temas polêmicos na discussão, como o desconto hospitalar. Participaram da mesa executivos da consultoria KPMG, ABIMO, Fehosp e Agência Nacional de Saúde Suplementar.“O sistema tem buscado subterfúgios para driblar as baixas remunerações que estão diretamente ligadas à questões éticas e de Compliance. Só há uma maneira de mudar isso: educação”, afirmou Rocha. O presidente da ABRAIDI ainda questionou o que tem sido feito, efetivamente, no país nos últimos tempos, para alterar o atual cenário de transparência nos negócios. “Temos que sair da teoria para a prática”, provocou Sérgio Rocha, em sua explanação.

Nas considerações finais, o diretor-executivo da ABRAIDI, Bruno Bezerra, destacou que é preciso trabalhar com cooperação e confiança para sair da inércia dos discursos. “A ética tem que ser o tema para saúde, assim como a segurança é para o setor aéreo”, completou.

Participaram do Fórum Compliance Healthcare dirigentes das entidades promotoras e também apoiadoras, como o Instituto Ética Saúde, ABIMO, AdvaMed, Anvisa, AMB, CBEXs, KPMG e Interfarma. Fizeram palestras ainda representantes do Instituto Ethos, Faculdade de Saúde Pública da USP, Instituto Não Aceito Corrupção, Ministério da Transparência, TCU, ICOS, ANS, Fehosp e London School of Hygiene and Tropical Medicine.

 


Voltar
NEWSLETTER
 
NOTÍCIAS