Monitoramento da ABRAIDI sobre PAFs é citado em workshop na Anvisa

Fonte: ABRAIDI
31/01/2018

O diretor executivo, Bruno Bezerra, e o conselheiro da ABRAIDI, Gil Pinho, representaram a Associação em evento promovido pela Agência Nacional da Vigilância Sanitária - Anvisa, pela Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD realizado, em Brasília.

img-noticia

O "Monitoramento ABRAIDI de Liberação Sanitária em PAFs - Portos, Aeroportos e Fronteiras", realizado pela Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde, revelou, ao longo do ano passado, distorções por todo o país, nos prazos para a liberação de cargas de produtos importados pela Anvisa. O acompanhamento foi citado, por duas vezes, por técnicos da Agência durante o workshop, ressaltando a relevância do Monitoramento que auxiliou, inclusive, à Anvisa na melhor administração do sistema e na adoção de mudanças de processo visando racionalizar o sistema e reduzir os prazos.

O encontro que teve, além da ABRAIDI, a presença de várias entidades de áreas reguladas pela Anvisa discutiu o impacto das ações de melhoria já tomadas pela Agência e novas contribuições foram apresentadas. "Iremos participar, por meio do envio de um questionário, de uma pesquisa conduzida pela Fiocruz com as entidades do setor sobre os problemas de PAF e proposta de melhoria", contou o diretor executivo, Bruno Bezerra.

Ele ainda informou que a Anvisa anunciou que melhorias na RDC 208 estarão implementadas à partir de março e novo projeto de PAF também. Segundo relatos de técnicos da Agência, cerca de 15 PAFs concentram 92% dos produtos importados em todo o Brasil. "Adequações de pessoal e processos foram feitas para agilizar os postos mais sobrecarregados", reportou Bezerra sobre as informações da Anvisa que completou: "um projeto piloto do posto virtual começou por produtos médicos e será replicado para medicamentos, cosméticos, alimentos e saneantes".

No workshop, os técnicos da Agência também destacaram que haverá uma diminuição de 60% no quadro de pessoal de PAFs até o final do ano, por aposentadorias, e que as mudanças são urgentes e necessárias. "As entidades lembraram a importância da Câmara Setorial de PAF da Anvisa, que está inativa, e pleiteamos a reativação imediata para que haja um local de discussão constante a respeito dos temas que impactam tanta gente", concluiu Bruno Bezerra.

 

Galeria de Fotos


Voltar
 
 
NEWSLETTER
 
NOTÍCIAS
EVENTOS
Data Evento